Laboratório de inovação: empresas construindo o futuro

A alta velocidade e competitividade do mercado tem incentivado empresas — do setor de indústria, comércio e serviço — a investir em laboratório de inovação.

O objetivo de tais companhias é encontrar soluções que a mantenham saudável e relevante para o mercado consumidor no longo prazo.

No entanto, para que a estratégia funcione e traga os resultados necessários há uma série de cuidados a serem tomados.

É preciso orientar os esforços, a fim de criar novas alternativas de futuro e aproveitar as tendências tecnológicas.

Para entender melhor como se dá toda essa dinâmica e os desdobramentos dessa estratégia de inovação, continue a leitura dos próximos tópicos!

Conceito de laboratório de inovação

Laboratório de inovação: empresas construindo o futuro

O laboratório de inovação é um espaço dedicado ao fomento, desenvolvimento e teste de inovações que sejam interessantes para a empresa que o financia.

E como ideias inovadoras não surgem sem referências, existe a necessidade de investigação.

Com isso, pretende-se encontrar oportunidades de surpreender os clientes, a partir de ofertas inesperadas e personalizadas.

Esse modelo de trabalho prevê a colaboração e a criatividade como matérias-primas, assim como a expertise de mercado.

Afinal, para ser considerada inovação, uma ideia precisa:

  • Ser incremental (baixo impacto) ou disruptiva (alto impacto na cadeia em que está inserida);
  • Ser viável de desenvolver e ofertar em escala;
  • Ser desejável ao público, pois precisa ser rentável.

E quando o conhecimento necessário para gerar a inovação na área ou frente ao problema desejado, empresas formam parcerias.

Tal atitude traz inúmeros benefícios a ambas as envolvidas, uma vez que converge diferentes perspectivas e conhecimentos.

As parcerias podem ser firmadas com empresas especialistas, organizações públicas e privadas e instituições de ensino.

Exemplos de laboratórios de inovação

Não são poucas as empresas que têm feito do laboratório de inovação uma das estratégias de diferenciação competitiva.

Entre as instaladas é possível citar o Innovation Center (Visa), InovaBra (Bradesco), Vivo Digital Labs (Vivo) e Gol Labs (Gol).

A iniciativa pública também tem suas próprias ações nessa estratégia, com o LAB.Rio, o PENSA e o GNova.

Fica claro que a necessidade de pensar e desenvolver inovação não é exclusividade, mas obrigação para continuar no mercado.

Empresas de todos os portes precisam alinhar aos esforços com as novas demandas do mercado.

Ambiente de inovação em design

O design contribui expressivamente com os negócios, pois otimiza as entregas feitas pela empresa ao focar atenção no usuário.

No laboratório de inovação isso passa, inclusive, pelo processo, a partir das metodologias que se baseiam nas premissas do design.

Design Thinking, Sprint, Scrum, Lean são alguns exemplos das abordagens possíveis.

O importante em todas elas é incentivar:

  •  A multidisciplinariedade de perfis profissionais;
  • A aprendizagem contínua, pela valorização do erro e a realização de testes para validar hipóteses.

Com isso se consegue estabelecer uma dinâmica, em que ideias não fiquem paradas e sejam trabalhadas de maneira organizada.

É claro que, é preciso oferecer infraestrutura, tecnologia e mão de obra adequadas ao tamanho da missão, mas mesmo empresas grandes começam com espaços enxutos.

A partir da estruturação da iniciativa e entrega de resultados, a participação e investimentos também tendem a crescer.

Foi o que fez a Vivo com a Vivo Digital Labs, por exemplo. Em que começou a iniciativa em instalações reduzidas e improvisadas com 20 pessoas em abril de 2018 e passou a ter 280 no final do mesmo ano.

O crescimento exponencial é proporcional ao tamanho e poder de investimento da empresa, obviamente, mas a inovação é possível a todas as empresas.

Independente disso, o time, desde o início deve ser direcionado para um objetivo claro e específico. 

As soluções digitais são demanda crescente e, como mencionado, a necessidade de oferecer uma experiência de valor ao usuário, é preciso ir além dos conhecimentos sobre o negócio.

Por isso, vale a pena contar com uma empresa especialista na área de design de produto e experiência do usuário. A Edesign Digital, por exemplo, pode ser uma parceira neste contexto.

Vantagens do ambiente de inovação

Entre os pontos que fazem do laboratório de inovação uma iniciativa interessante está o fator estratégico.

A partir das soluções criadas, a empresa consegue ter cartas na manga, não ser pega de surpresa. 

A ideia é não deixar o futuro do negócio à mercê da sorte, mas traçar o futuro desejável para a empresa.

Entre os demais pontos de destaque é possível enfatizar:

  • A sinergia e o aprimoramento dos talentos pela qualidade de entrega que o time passa a realizar quando há abertura para métodos de fomento à inovação bem-estruturados;
  • Projetos a passar pelas fases de desenvolvimento, teste e aprovação em tempo menor;
  • Custos e riscos são reduzidos, pois a prática de validar ideias e aprender com erros economiza diversos recursos;
  • Valorização da marca por parte do mercado e do consumidor, que valoriza inovações.

Deu para perceber quanto um laboratório de inovação tem a beneficiar a empresa, não é mesmo? Então não deixe de ler nosso post sobre inovação aberta, e agregue esse mindset centrado no cliente e no processo de desenvolvimento!

Tags: , , ,
 

Deixe seu comentário

Atenção: Os comentários abaixo são de inteira responsabilidade de seus respectivos autores e não representam, necessariamente, a opinião da Edesign Digital.