Como o protótipo pode antecipar erros do seu produto digital?

Inserir uma nova ideia no mundo pode ser algo desafiador. Para tanto são necessários inúmeros recursos como tempo, dinheiro entre outras coisas .

Soma-se a isso o fato do sucesso não ser garantido, o que sempre insere uma dose de risco ao processo.

Contudo, para ter êxito ao lançar um produto inovador e diminuir as chances de errar, se faz necessário a experimentação.

Nesse contexto que se enquadra o protótipo. Com ele é possível reunir feedbacks, corrigir e aperfeiçoar o produto.

Como o protótipo pode antecipar erros do seu produto digital?

O que é um protótipo?

O protótipo é uma forma de validar um produto ou serviço através de testes para entender o que pode ser viável ou não a ser colocado no mercado para os seus clientes. 

Sabe aquela ideia que você tem ou já teve, mas não sabe como testar, o protótipo serve exatamente para isso: testar a sua ideia de produto, buscando identificar se as pessoas desejam utilizá-lo ou não.

Assim,  existem diversas formas para descobrir essa resposta através de um protótipo. 

Para tanto, com ele se tem nas mãos o que o cliente deverá receber assim que passar a ser comercializado.

No entanto, como primeira versão, provavelmente sofrerá alterações, dado os feedbacks a serem recebidos.

Importante saber, ainda, que a prototipagem pode ser aplicada em basicamente todas as áreas. 

Assim, é possível utilizar esse processo tanto em produto físico, digital ou serviço.

E ele é amplamente utilizado, com o objetivo de minimizar incertezas de usabilidade.

Afinal, só é possível ter certeza que a ideia funciona quando o seu cliente aprova. 

Para concluir o entendimento, a revista Exame define esta prática como modelo construído para testar um produto ou um serviço.

Por isso, deve permitir a experiência mais próxima possível a que o cliente teria com o produto final.

Quando fazer um protótipo?

Ele é recomendado para toda nova ideia ou desenvolvimento de novas funcionalidades para o seu produto.

Um bom exemplo é um aplicativo, site  ou sistema web que, com a prototipação, pode ser melhor avaliada.

E isso vale mesmo para tarefas que podem ser consideradas simples, pois também são passíveis de incertezas. 

Assim, a prototipagem provoca uma primeira interação entre o produto e seus potenciais clientes.

Desse encontro devem resultar respostas para que seja possível encontrar pontos falhos e de aprimoramento.

Por isso, o benefício é claro; Afinal, é melhor testar uma prévia com um pequeno grupo de usuários do que investir no lançamento sem nenhum respaldo dos seus clientes. Já com a prototipagem, é possível entender se está criando algo que realmente eles desejam.

Prototipagem digital

O mundo se transformou e a tendência é que, dada a era digital, cada vez mais atividades se tornem serviços.

Exemplos disso se vêm aos montes, como pedir transporte ou comida, fazer transações bancárias e estudar por intermédio de smartphones.

E, justamente por isso, a procura pela inclusão digital é grande e tem concorrência acirrada, o que torna baixa a tolerância para erros.

Ou seja, se o produto digital é confuso e com inconsistências, a dificuldade de manter os usuários são enormes. 

Isso porque o cliente desistirá da plataforma em poucos segundos e buscará o que necessita em outra.

Neste cenário, a prototipagem vem para analisar se o serviço digital gera valor real para o cliente.

Com isso, é essencial entender todo o caminho trilhado pelo usuário na utilização do produto digital.

Para tanto é preciso vê-lo interagir desde o início da navegação até a conclusão de uma tarefa.

Deste modo, é possível verificar a qualidade e relevância do que já foi desenvolvido e evitar resultados irreversíveis no futuro.

Durante o teste é normal perceber que ideias que para a equipe pareciam óbvias não gerem a mesma empolgação no usuário e também que há a necessidade de funcionalidades ou melhorias que antes não haviam sido consideradas.

E então, deu pra notar a importância do prototipação para a validação de ideias? 

Para saber como fazer um protótipo, não deixe de conferir nosso próximo artigo.

Tags: , , , ,
 

Deixe seu comentário

Atenção: Os comentários abaixo são de inteira responsabilidade de seus respectivos autores e não representam, necessariamente, a opinião da Edesign Digital.